10 junho, 2017

A partida do trem






Maria Rita uma velhinha asiada e endinheirada, se despede rapidamente da filha pouco ou nada afetiva e entra no trem. 
Ela irá para a fazenda do filho carinhoso e atencioso. 


Sou como um embrulho que se entrega de mão em mão



No trem ela conhece uma mulher que a trata com respeito e consideração. Isso é raro se tratando de uma velha, onde a maioria das pessoas querem distância e não desejam conversas inúteis com alguém onde a vida já se tornou seca e murcha. 



Angela Palin, personagem que ganhou um livro só pra ela, abordando o romance desgastante com um intelectual que sugava sua condição de amante e mulher. 



Desde que descobrira – mas descobrira realmente com um tom espantado – que ia morrer um dia, então não teve mais medo da vida, e, por causa da morte, tinha direitos totais: arriscava tudo



Neste conto vemos que ambas personagens então em fuga de relacionamentos inapropriados e que em nada contribuem para a sua felicidade individual. 


Este conto nos confronta de maneira crua sobre a condição da mulher idosa e que mesmo tendo bens materiais, se vê como um peso morto no seio familiar. 

Parece que Clarice resolve desenvolver ainda mais sobre a temática do conto anterior. 



Dona Maria Rita pensava: depois de velha começara a desaparecer para os outros, só a viam de relance



Ainda não aprendemos a envelhecer e muito menos nos relacionar com as pessoas de mais idade.


 Para ler as impressões da Silvia sobre este conto. 
Clicar Aqui 





Clarice Lispector - Todos os Contos
       Editora Rocco - Capa Dura - 656 Pgs
        Organizado por Benjamin Moser

                   
                          Marcia Cogitare



2 comentários:

  1. gostei tanto da senhorinha do conto anterior, ela não tem nada a ver com essa aí :/
    Gosto da Clarice pq ela aborda de tudo um pouco...
    o fato de contos serem mais facilmente aceitos faz com que possamos falar de tudo, e que as pessoas leiam de tudo tbm...
    e concordo demais com sua última frase..
    "Ainda não aprendemos a envelhecer e muito menos nos relacionar com as pessoas de mais idade."
    infelizmente o mundo é resumido nisso ai! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daiani,me entristece muito essa nossa mentalidade cultural de achar que quem tem mais idade, não serve para mais nada.Perde o seu lugar no mundo e sua voz.

      Espero que quando chegar minha vez, eu já tenha aprendido a envelhecer sem neuras.

      Hug :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!