16 fevereiro, 2016

Resenha: Marianas




SINOPSE – O extraordinário amor entre um homem e uma sereia nasce e enfrenta grandes dificuldades em meio à disputa de poder no fundo dos mares, numa civilização amiga cuja existência é negada ou escondida pelos livros de História. Jeremy e Licia operam um no outro grandes transformações de pensamentos e sentimentos, em razão do que vivem, inusitado, intenso e sincero. Embarque com eles nesta viagem da qual certamente você não voltará o mesmo.






Esse livro é um sonho.... um sonho que algumas pessoas acreditam ser realidade.

Nunca julgo a verdade dos outros e a verdade nesse livro é que a lenda das sereias, como nós conhecemos, para alguns é mais do que um mito: é a verdade.

Não importa se você acredita em sereias ou não, o fato é que esse livro de Chérri é uma delícia!

Todo o livro é singelo... por vezes poético. E ele é assim desde o maravilhoso prefácio de Beth Russo. Adorei a maneira como ela recebeu o livro, vejam se acham o mesmo através desse quote:


(...) "felizes os escritores que criam, felizes os leitores que creem". 

(...) Como eu, umaracional convicta, comprometida com estudos e atividades em nome da equidade de gênero e etnia, poderia ler, na íntegra, uma obra que compõe um cliclo intitulado "A Saga das Sereias"?
(...) De repente me vidiante de pesquisas curiosas, e até saborosas, sobre os mistérios guardados pelo oceanos. Uma introdução foi desconstruindo a rigidez implacável do real e envolvendo-me paulatinamente, de forma mansa e benfazeja, ao mundo das possibilidades ...
Como Beth Russo foi feliz nesse introdutório ao livro!!!! Como ela, cheguei às "notas do autor" semi-cética (sou muito aberta às possibilidades) e saí da nota encantada e disposta a mergulhar nesse universo encantado.

Veja alguns quotes dessa feliz "Nota do Autor", que vem em sequência ao prefácio - palavras de Chérri Filho:


Quem escreve viaja na ficção; quem lê viaja na sua realização. Normalmente, na condição de leitores, nós temos uma tendência a acreditar naquilo que lemos; sofremos, choramos ficamos apaixonados pelos personagens e não raro sentimos uma espécie de "depressão pós-livro".

Isso é bem verdade, não é?


Pois bem, depois disso ele diz sobre ter sido impressionado por um documentário exibido em 2013 pela TV no Brasil, dando veracidade sobre uma nova vida marinha, meio homem, meio peixe, a qual podemos chamar de "sereia".

Eu assisti a uma reportagem assim tempos atrás e fiquei pensando, quando foi mostrado o esqueleto da espécie, o quanto tinha de verdade e o quanto tinha de sensacionalismo... Chérri continua dizendo:


Novos e constantes arquivos geológicos estão cada vez mais trazendo para a realidade palpável seres e histórias que até então moravam apenas no nosso imaginário. Gigantes, Atlântida, Troia, cidades suspensas, Jardim do Éden, escolas de magia, realidades paralelas, realidade holográfica, inteligência artificial, unicórnios, faunos, fadas e sereias... Tudo existe, existiu ou existirá, até que se prove contrário ou que se comprove.

Essa visão não conclusiva me atrai... sou toda ritualística, mística e as sereias sempre habitaram meu imaginário de forma especial... e foi nesse clima que li o livro.

Jeremy, um dos nossos personagens centrais, mergulha nas águas de Marianas com o objetivo de comprovar a existência das sereias.

Ao mergulhar mais fundo do que o pretendido (ou seguro), se vê as portas da morte mas é resgatado por Licia e levado a um local onde sempre sonhou estar e descobrir: uma cidade marinha. Seria Atlântida?

Cheio de dúvidas e hipnotizado pelos olhos divinos daquele ser, metade mulher, metade peixe, que nada mais é do que uma Ariata Azul (uma das muitas espécies de sereias existentes), que está em guerra e precisa se defender.

Após isso, a aventura e o romance bem orquestrado por Chérri, prende nossa atenção até o final do livro.

Se você gosta do tema, não pode perder! A escrita de Chérri é primorosa, o livro contém pouquíssimo erros que creio terem sido fruto da impressão/revisão, mas que não chegam a incomodar.

Recomendo se quiser uma leitura intrigante e fantástica ao mesmo tempo.

beijocas!





Essa música de Gil (que amo) me veio à cabeça o tempo todo durante a leitura:

A novidade veio dar à praia
Na qualidade rara de sereia
Metade o busto
D'uma deusa Maia
Metade um grande
Rabo de baleia...

A novidade era o máximo
Do paradoxo
Estendido na areia
Alguns a desejar
Seus beijos de deusa
Outros a desejar
Seu rabo prá ceia..

Oh! Mundo tão desigual
Tudo é tão desigual
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!
Oh! De um lado esse carnaval
De outro a fome total
Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!..




PS.: Possíveis erros gramaticais ou ortográficos serão corrigidos em minha releitura



9 comentários:

  1. Olá Telma, amei a foto dessa sereia, linda!
    Li esse livro e fiquei apaixonada com o final. Que final é aquele? O autor quer matar um do coração.
    Comecei pensando ser mais um livro clichê onde tem sereias e ele realmente brinca trazendo novidades e encerrando magnificamente. Gostei muito desse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é?
      Também amei!!!
      Muitas beijocas em você, Cinthia.
      :)

      Excluir
  2. Já li alguns livros que tinham uma sereia aqui ou ali, mas nunca li um em que a sereia fosse o ponto central da história em si e lendo um pouco desse livro e dos comentários sobre ele, fiquei curiosa para lê-lo, afinal de contas, adoro histórias novas e esses mistérios do fundo do mar, como de qualquer outra parte do mundo me cativam muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Lavínia...
      fiquei cativada.
      beijoconas

      Excluir
  3. Oi, Telma!

    Adorei sua resenha, muito mais do modo como você relatou com avidez a trama que se passa neste universo.
    Eu assim como você, também adoro este mundo místico, por isso, queria ler este livro!

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu amo seus comentários, por aqui, Daniel!
      Espero que leia o livro.
      beijocas
      :)

      Excluir
  4. Amei a capa e amei a sereia que VC colocou no final, e a música tbm Kkkkk
    Os quotes são de deixar com água na boca, vc tem razão..
    Adoro sereias, e gostei muito da sua resenha *-*

    Beijos Telma linda!!! <3

    ResponderExcluir
  5. Gente me surgiu uma dúvida, esse livro pertence a alguma saga mesmo que seja futura? Por que nele está escrito saga das sereias mas não encontro nenhuma continuação quando procuro na internet.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!