07 dezembro, 2015

P.S. eu Te Amo





Gerry e Holly eram namorados de infância e ficariam juntos para sempre, até que o inimaginável acontece e Gerry morre, deixando-a devastada. Conforme seu aniversário de 30 anos se aproxima, Holly descobre um pacote de cartas nas quais Gerry, gentilmente, a guia em sua nova vida sem ele. Com ajuda de seus amigos e de sua família barulhenta e carinhosa, Holly consegue rir, chorar, cantar, dançar e ser mais corajosa do que nunca.


 resenha por Daiani Cris Pedrobon 



Holly vivia pelo marido (Gerry) e, na opinião dela, era a única coisa que ela sabia fazer bem.
Quando ela descobriu que seu marido tinha um tumor no cérebro sua vida virou de cabeça para baixo, e quando ele faleceu sua vida era: cama, e cama, e cama... Ela se esqueceu de comer, de pentear os cabelos e até mesmo de tomar banho (eca!).
Mas só quem perde alguém sabe a dor que é...

Mas Gerry e Holly conheceram o mundo inteiro juntos. Tudo fazia muito mais sentido dessa forma, já que quando eles não estavam... juntos, Holly se sentia muito mal, como se lhe faltasse um pedaço.

Sabendo que seria muito difícil sua mulher seguir sozinha, Gerry decidiu deixar cartas para ela, uma espécie de lista, com dicas para que ela prosseguisse com sua vida.



Minha amada Holly,
Não sei onde você está e onde exatamente está lendo isto. Só espero que esteja bem. Você me disse há pouco tempo que não conseguiria continuar sozinha. Mas você consegue, sim, Holly.
Você é forte, corajosa e vai conseguir passar por isso. Vivemos coisas lindas juntos e você fez a minha vida... Você fez a minha vida. Não tenho arrependimentos. Mas sou apenas um capítulo de sua vida, muitos outros virão. Guarde nossas lindas lembranças, mas, por favor, não tenha medo de criar outras.
Obrigado por me dar a honra de ser minha esposa. Por tudo, sou eternamente grato.
 Sempre que precisar de mim, saiba que estarei com você.
Amor eterno, de seu marido e melhor amigo,
Gerry




Exceto a primeira carta, todas as outras, mês a mês, no final vinha escrito P.S. Eu te amo..., o que óbvio, deu nome ao livro e ao filme. P.S. é a sigla em latim para post scriptum que significa “escrito depois" e é usado no fim de uma carta, para adicionar informação que tinha sido esquecida; no Brasil utilizamos simplesmente, “em tempo” ou “OBS”.

É muito fácil entender a personagem, os problemas que ela passa, as invejas e as raivas que ela sente pela vida feliz das pessoas, como se a vida das outras pessoas deveriam parar, assim como a dela ficou parada no tempo - é muito normal isso, quem perde alguém fica á deriva do tempo, e não entende como as pessoas conseguem continuar suas vidas, vivendo felizes, sendo que a sua vida está um caos.
Sabe... Desde o início eu senti que tinha muita coisa em comum com a Holly, não sabia por que, talvez seja pelo fato de que amo meu noivo (liiiiiiiiiiiiiindo) e de sempre imaginar que não reagirei à partida dele, e de ser uma chatinha de galocha. Maaaaaaas, na página 186 descobri porque tinha taaaaaaanta coisa em comum com a chatinha da Holly *-* eu e ela fazemos parte do mesmo signo kkkkkkkkkkkkkk (geeeeeente, é a coisa mais beeeeeesta que eu já imaginei, mas nunca esperava ter o mesmo signo de um personagem hahaha’ e confeso que é muito legal...). Será que você, eu e ela somos do mesmo signo?! :O

Enfim... O livro é bem tranquilo, não é aquele livro que te prende e te faz devorá-lo, mas tem uma leitura bem gostosa; a família e as amigas de Holly são bem legais, o que faz com que os diálogos sejam bem divertidos.
Dou quatro estrelas porque o livro não me prendeeeeu (como eu já havia dito), mas é um livro muito bonito, e diferente do filme (faz tempo que assisti, mas o final não era esse).


Cada item guardava poeira, lágrimas, risos e lembranças. Ela guardou todos, limpou a poeira, secou os olhos e arquivou as lembranças.



Daiani Cris Pedrobon


15 comentários:

  1. Olá, Daiani! Tudo bem?

    Li este livro e assim como você, achei o livro diferente do filme.
    Porém gostei muito do livro.

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito tbm.. é bem facil de ler né, a leitura flui que é uma beleza.. assisti o filme ontem e realmente o fim é um pouco diferente. Mas ta bom né, sempre é kkkkk beeeeijoo

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Conheço o livro mas um tempo mas ainda não tive oportunidade de ler nem assistir o filme, mas e uma leitura que pretendo fazer acho esse historia muito emocionante e já gostei muito do Gerry que mesmo em um momento tão difícil pensou em como ajudar a Holly !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo esse Gerry né. . Tbm adoro ele por pensar tanto nela.. espero que vc possa ler ele e gostar ainda mais do Gerry :)

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Sinceramente ,nunca fui muito fã de romance ,mas sempre tive interesse em ler esse ,acho a premissa muito boa ,que pena que o livro não conseguiu te prender :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Jessica, não prendeu, mas o livro é muuuuuito bom, eu gostei muito, mas nao fiquei naquele êxtase de comer o livro... mas é muito bom sim!

      Excluir
  5. Oi Daiani O ruim de conhecer o filme primeiro é que depois desanimo em ler o livro :( bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso é verdade Camila, pra não me desanimar eu penso que o livro sempre será melhor que o filme, então tenho que ler pra saber como aquele filme lindo poderá ficar ainda melhor kkkkkkkkkkk
      mas sempre que leio um livro que tem o filme eu assisto o filme depois kkkkkkkkk

      Excluir
  6. Olá, Dai! Você acredita que só de ler a sua resenha já quase chorei?! rsrs Essa adaptação foi uma das mais lindas que já vi, e acredito que qualquer pessoa que ama verdadeiramente seu companheiro se comove por uma história onde há a perda da outra metade, da alma gêmea, do coração, da alma, enfim... Você consegue se recordar se o filme e o livro tem muitas diferenças? E agora a pergunta que não quer calar! Qual o seu signo?!?!?! rsrsrs
    Grande abraço! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então, depois que eu li eu assisti o filme novamente, e eles são muito parecidos, mas tem algumas partes diferentes... mas ambos são lindos, e é óbvio que o livro tem muito mais que no filme kkkkkkk
      Maaaaaaaaas, você só vai descobrir o meu signo se leeeer *-*
      kkkkkkkkkk
      abração linda!

      Excluir
  7. Daiani, só assisti o filme. Não li o livro. Amei o filme. Agora quero ler o livro porque quero saber o final. Li um livro esses dias que o livro não tem nada com ele, fiquei boba, pois só tem o nome do livro e diz ser a adaptação dele. Fora isso são tantas coisas diferente que ainda não acredito que seja uma adaptação. E fiquei curiosa por esse. Só você para fazer isso!

    ResponderExcluir
  8. Aiiii odeio quandobas adaptações fogem muito do livro, as vezes eu acho que quem produziu não leu nada nada do livro, afff!
    Eu li "Morte e Vida de Charlie" do Ben Sherwood, comprei e li pq uma colega tinha dito que o filme era Liiiiiiiindoooo... realmente é um dos livros mais lindos que ja li, mas depois assisti o filme e pensa num filme ruim.. nada a ver com o encanto do livro, fiquei tao triste..
    Mas enfim, tenho certeza que você vai gostar desse livro, a essencia dele foi mantida no filme :)
    Boa leitura gatinha! ;)

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!