01 março, 2015

Finalmente Saiu nosso Podcast #01 - Nossas Séries de TV Preferidas

Atrasou um pouquinho , mas saiu. Sorry galera .


Gente esta semana foi uma loucura, enfrentar um apocalipse zumbi teria sido bem mais fácil, mas não irei destilar toda minha ranzinzice por aqui.


Bóra falar de coisa boa, neste podcast juntamos nossos colunistas novos (Wellington e João) - Telma está no banner, mas participou em pensamento conosco,rs).

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre este 1° Podcast oficial, então ouçam se divirtam e dê seus pitacos. 

Para ouvir em seu aparelho de reprodução de MP3 Link Aqui


Hug seus lindos





33 comentários:

  1. A trilha sonora está TUDO!!!
    Já anotei séries que vou ver por conta de vocês!
    Deixei de ver Breaking Bad por conta do elenco feminino (olha!!!! eu achava que era só eu) mas, vou voltar a vê-la.
    Spartacus!!! Amei a primeira temporada. Depois que o gostosão morreu, perdi o tesão pela série... mas sim, a Xena tá nua lá e linda!!!!
    Queria ter estado com vocês. :/
    Numa próxima!
    beijos turma gostosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Telma, que bom que vc curtiu as músicas também, acho que ajuda muito na edição de podcast a trilha sonora certa.

      Iniciei Spartacus e parece boa a série, embora este inicio acheio meio chatinho e me lembrei mto de 300, sem contar com os exageros de stop motion e sangue a moda Tarantino.

      Excluir
    2. Na próxima esteremos juntos Telma.... Bjão

      Excluir
  2. Gostei bastante, apesar de acreditar que séries, assim como livros e música, não devem ser separados em "público". Creio que "The Vampire Diaries" está longe de ser considerado uma série de crianças, uma vez que acompanho... assim como adultos de trinta anos são apaixonados por Harry Potter. Existem crianças que curtem Rita Lee, adultos que são apaixonados por Bob Esponja calça quadrada e assim vai. Breaking Bad sem dúvidas merece minha total atenção. Foi interessante que a Marcia comentou sobre o planejamento impecável da série e devo citar uma curiosidade: o número de episódios é o mesmo número da tabela periódica do Samário - usado em tratamento do câncer. Gostaria de indicar Dexter! Parabéns pelo Podcast galera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nao categorizei, amigo. Apenas fui razoável.. Seria o mesmo que indicar um Ingmar Bergman ou Woody Allen a crianças.. Agora se tem crianças que curtem desenhos (ou adultos também), isso é claro. Não quis polemizar, mas quando a Marcia Cogitare perguntou qual era o público alvo, dentro de uma lógica, tentei ser razoável. Mas é claro que existem exceções. Não precisamos ser radicais sempre, né amigo?

      Eu mesmo curto alguns desenhos (bem como séries voltados a um público mais jovem), creio que não devamos mensurar por idade. Mas, dentro de uma lógica razoável, tentei ser claro com os ouvintes recomendando a série a um público razoável.

      Infelizmente, em tempos de domínio público, tudo que falamos vira motivo para "revolta" ou algo do gênero, não quis ofender o público de Vampire, mas, sejamos sinceros, dentro de uma LÓGICA, como dito, tal público talvez não aprecie House of Cards.. As próprias empresas, por sinal, dividem os formatos por categoria visando um público alvo específico, entende? Como eu disse n próprio Pod, House foi feita, assim, filtrando públicos alvos distintos. Comentei isso com o João Michels, inclusive.

      Em síntese, quando digo que House of Cards não é para um público de Vampire, sigo uma lógica de mercado, e nao tento polemizar depreciando o público de vampire.. O mesmo seria indicar Vampire para o público de House (não estaria difamando o público de House). É questão de interpretação.. Mas respeito sua opinião.

      Abração.

      Excluir
    2. Karlos,
      eu acredito, como disse no outro post, que a categorização, sem ser extremada é natural. Creio que o adulto possa mais se deslocar entre o que é considerado próprio para público infantil, juvenil do que o contrário (novamente, sem extremos).
      Já a criança tem mesmo que entrar em algumas categorias, para o bem maturação saudável, mesmo.
      Entendi sua colocação e entendi a do Wellington também. E, honestamente acredito que o objetivo maior de qualquer discussão é o crescimento, por isso pedi que colocasse aqui.
      Obrigada, viu?
      Beijos muitos.

      Excluir
    3. eu entendi o que você fez, Wellington.... and I agree with you!
      concordo.

      Excluir
    4. Karlos, gosto de Dexter até a 4° temporada, depois acho que perde a força.

      Obrigada pelo comentário, fique a vontade para trocar figurinhas.

      Bjs

      Excluir
  3. Ficou excelente e só tende a melhorar nos próximos. Parabéns para nós e especialmente para a Marcia pelo trabalhão que deu.... Amooooo!!

    ResponderExcluir
  4. Ficou excelente e só tende a melhorar nos próximos. Parabéns para nós e especialmente para a Marcia pelo trabalhão que deu.... Amooooo!!

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante das indicações. Xena é parte da minha infância, já que assisti vários episódios no SBT long time ago rsrs, mas agora quero tentar assistir na ordem. Bjs para toda a equipe, conversa ótima de acompanhar ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Natália, e queremos muito continuar falando sobre coisas que os leitores curtem, além do universo dos livros claro.

      Bjs

      Excluir
  6. Amigo João, obrigado por trazer Friends ao primeiro podcast.

    Comecei a assistir Friends durante um dos piores momentos da minha vida. Eu estava vivendo meu inferno astral. Deprimido, amargurado, sem muita expectativa pras coisas...
    Sei que vai parecer testemunho de novo convertido, mas essa série me tirou do fundo do poço. Sem exagero! De verdade MESMO!
    (Inclusive, eu chorei ouvindo o podcast e agora tô chorando enquanto escrevo isso. Não, gente... eu não tenho 16 anos. Sou só um cara sensível)

    Friends é a série de TV com o humor mais verdadeiro, simples e espontâneo que já assisti. Como o João falou, maior parte dos sitcoms apelam para uma comédia forçada. Friends é natural... Tudo flui e se encaixa perfeitamente.

    Além disso, que sintonia perfeita existe entre os personagens. É demais!! É sincero!! A forma como interagem nos remete a situações muito nossas, do dia a dia. Acho que esse é o grande segredo de Friends. Maravilhoso!!

    Então... eu escreveria páginas e páginas sobre Friends e secaria de tanto chorar, com certeza. Eu já assisti 5 vezes todas as 10 temporadas e, neste exato momento, estou me odiando mais que a Dilma por ter deixado o box da série em Manaus. Sinto falta pra caramba!!!

    Resumindo, eu amo Friends. Amo de verdade. Gostaria muito de um dia encontrar o David Crane e a Marta Kauffman (criadores da série) e agradecê-los. E se um dia eu visitar o café Central Perk, em Nova York, eu nem sei como vai ser... Mas vou desidratar, com certeza!

    Quem nunca viu Friends, veja! É bom. Tem energia boa pra caramba. Revigora a alma!!!

    Amém!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. recomendaria pra mim também, Luan?

      Excluir
    2. Com certeza, Telminha. Friends contagia qualquer um!! Experimente.

      Excluir
    3. Luan, vc foi quem mais curtiu este formato de podcast né,rs

      Bom ver comentários tão empolgados por aqui, e vc será o próximo a dar seus pitacos num bate papo gravado, espere e verá.

      Bjs

      Excluir
    4. Luan, da aqui um abraço bem apertado!
      Friends também me ajudou num momento muito hardcore da vida... Por isso amo tanto.

      Excluir
    5. Entendo-o perfeitamente. Assisto e asssisti o que rolou na TV, mas acho que entendi a "fómula"...é leve. É para relaxar e ser feliz...

      Excluir
  7. Ah, Braking Bad... Que série ótima!
    (não, é foda mesmo!!!)

    Para o bem da minha ansiedade, eu assisti depois que todos as temporadas já estavam disponíveis em DVD (eu gosto de comprar. sou desses!)

    Walter White é O CARA! Eu o odiava e amava o tempo inteiro! Personagem profundo e complexo, muito bem escrito.
    E Jesse Pinkman... You are amazing, BITCH!!
    A parceria e louca lealdade deles dois me emocionou várias vezes. Na verdade, eu chorava rios nas cenas em que um protegia o outro, embora quisessem se matar.

    Que roteiro, cara!!! Redondinho, sem pontas soltas. Surpreendente pra caramba!!!

    E sobre a mulherada da série... chatas, amélias, antipáticas, sem carisma mesmo. Joguem todas fora!! Mas acho que o problema foi na construção dos personagens. Eu gosto das atrizes, mas detesto o perfil das personagens.

    A Skyler, por favor!! Alguém dê uma dose de Eno Guaraná. A mulher parece que vive com azia. Chata! É chata pra cacete!! Tanto que (curiosidade), os roteiristas tiveram que mudar o rumo da personagem... Porque as pessoas a odiavam! Mas acho que não adiantou muito. Eu admito que até compreendia um pouco... ah, não! É chata e ponto!

    Pior do que ela, só a irmã... Marie. Gesuis!! Vou nem comentar.

    Mas, tem uma personagem feminina que passou rapidinho e eu me apaixonei: Andrea, que namorou o Jesse e tinha um filho. Chorei o mar vermelho quando ela... (posso espoilar? melhor não).

    Então, Braking Bad teve o final t!! Eu não esperava por outra coisa. Foi todo foda!!

    ResponderExcluir
  8. Depois dos meus breves comentários...

    QUEREMOS MAIS PODCASTS!!!!!!!!!!!!

    Parabéns pela edição, Marcinha. Arrasou demais!!
    João e Wellington (ainda quero ver House of Cards), VALEUU!!! Adorei!!!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luan se prepare vc vou te zuar também no podcast que vc participar

      Hug

      Excluir
  9. Carca, Luan!
    amei seus comments!!!! :D
    :*

    ResponderExcluir
  10. GentE!
    Vocês me deixam malucos, sabia?
    Amei a trilha sonora, vou começar falando dela porque é através dela que entrei no clima de folia.
    Não conheço a primeira série que o Welligton comentou, uma pena! Achei o mote parecido com Scandal, será?
    Ai João, por incrível que pareça, gostei das primeiras temporadas mas depois fui cansando, acredita? Gosto de comédias, porém acabei desgostando aos poucos... uma pena!
    Concordo com a Márcia, o humor americano é um tanto retardado...kkkkk
    Márcia gostei de Breaking Bad e achei a escolha do ator principal perfeita. Bom que não foi o Mathew Broderick porque daria a sensação de "De volta para o futuro".
    João.. boiei também..kkkkkkkkkkk
    Nunca ouvi falar de Mestátases... Será que ando fora do mundo televisivo??? Cruzes!!!
    Ai João... amava Shena, uma pena que acabou.... snif:( Gostava da criatividade, dos cenários e do enredo em si. Amava o Hércules também...
    Assisti Spartacus que é bem superior as duas anteriores, vale a pena!
    João tarado...kkkkk Mas ela realmente é lindíssima!! Maridão era apaixonado por ela.
    Márcia assisti alguns capítulos de A sete palmos, não por conta do enredo, mas por conta do Michael C. Hall . Dexter é uma das minhas séries contemporâneas dada como ótima. E por isso fui assistir e porque gosto de séries que abordam o lado psicológico das personagens.
    Helix, Revenge, Flash... Ótimas!
    Gosto das novelas mexicanas também João...
    Bem meninos, gostei demais e me diverti como sempre.
    Agora vou falar algumas das minhas séries que a primeira talvez vocês nem conheçam porque são do século passado: O homem do fundo do mar....kkk Sim gente sou da época do Casal 20, A gata e o rato, Plantão médico, etc...passando por: Desaparecidos, Nikitta e coisas do gênero... até...
    Já no século XXI as minhas preferidas são: Dexter, Criminal Minds e Fringe. Gente se for falar de todas as séries que gosto, ficaríamos mais um hora por aqui... Arrow, CSI (todos) e agora vai começar CSI Cyber que já estou de olho, Grimm, Law & Order, Numbers, Scandal, Helix, e por aí vai gente.
    Gostei demais do Podcast que para mim não é o primeiro, é o segundo e senti falta da Telma aí na discussão.
    Agora é hora de dormir...
    cheirinhos
    Rudy





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy... amei seu comentário!!!!!!
      Valeu pela força sua linda.
      Cheirinhoooooooos!

      Excluir
  11. João Michels - amei quando disse que você fala sobre tudo.
    Márcia - Assisti muito Xena - amava: Warrior Princess quando criança, e como criança ficava intrigada com o comportamento da Xena e da Gabriele, gostava das mudanças na mitologia - para comparar -, bem como o Hércules também. A Usurpadora - duas irmãs gêmeas idênticas, duas personalidades completamente diferente... vou procurar essa série médica que citou.
    Wellington Pinto - A primeira série citada por você - a política - essa questão da política em si e sua aplicação como manobra... a questão das treze famílias dominantes - os Illuminatis - a questão digital e tudo mais, bem como a mudança do mundo, e a desumanização... já estudei um pouco a respeito também. Bem interessante essa série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cinthia eu falo de tudo mesmo...
      Sou mais diversificado que salada de frutas completa kkkk

      Excluir
  12. Muiiiitoooo bom esse podcast, esse tema tbm muito bacana. Eu assisti Friends, na época eu era meninota (como diz minha mãe) hahahaha. Gostei muito dei altas risadas e graças aos meninos fiquei com a musica da "A Usurpadora" na cabeça o dia todooo....Agoraaa quando o João falou da Xena eu entrei em êxtase totaaal, completamente apaixonada pela princesa guerreira (me lembrou muito de minha infância, quando eu e minha irmã brincávamos de Xena e Gabriele) hahaha".
    A Sete palmos eu tenho o livro, são contos macabros bem bizarros ...Não cheguei a ver a série Marcia, mas vou ver se encontro.

    Sou mega viciada em séries, atualmente acompanho Sobrenatural, Salem, Once Upon A Time, Sleepy Hollow, American Horror Story (pouco viciada)

    Mais uma vez adoreeeei esse podcast gente =D7

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, que bom que vc curtiu, a próxima participação será tua.

      Bj lindona :D

      Excluir
  13. Sempre tem uma série que fica marcada pra sempre em nossas vidas. Aquela especial que nos deixou apaixonada e encantadas. Meu caso é o House. Amei cada momento dele. Muitos podem dizer que o cara é um pedante e cínico. Mas ele era genial. Também tem outras séries encantadoras, mas essa foi a que mais me marcou. Adorei as músicas que colocaram.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beth também gosto de House, mas chegou na 5° temporada e eu acabei parando, achei que era sempre a mesma coisa, mas adoro o personagem e quero finalizar a série.

      Hug :D

      Excluir
    2. Beth também gosto de House, mas chegou na 5° temporada e eu acabei parando, achei que era sempre a mesma coisa, mas adoro o personagem e quero finalizar a série.

      Hug :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!