08 fevereiro, 2014

Tag: Livros Reconfortantes

Sábado é dia de tag! 
E a tag de hoje é Livros Reconfortantes (vista e retirada do blog Cafeína Literária) e quem respondeu foi a nossa querida Cinthia






1) Qual livro tem o poder de despertar memórias boas da sua infância?
O Dicionário Aurélio.
Amava tanto que meu pai me presenteou aos 7 anos de idade com um enorme (não conseguia segurá-lo). Mas, a série vagalume, Os Telecaramujos e A Baía dos Golfinhos, todos despertam memórias maravilhosas, não conseguiria escolher um.


E da adolescência?
O Capitão Tormenta.

2) Um livro que você relê sempre para te trazer bons sentimentos:
O Oposto do Amor.


Porque me traz bons sentimentos? Vejam por si mesmos pelos quotes:
"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença".
"Se vou passar pelo menos setenta e cinco por cento das minhas horas acordadas fazendo algo, quero que esse algo tenha um significado".
“Você jamais conhecerá a pessoa que um dia eu fui, aquela que existiu antes de você, de algumas formas, antes mesmo que eu fosse eu. Mas esta é a história de quem eu me tornei, está história é sobre nós, é seu legado, tanto quanto meu."
"Você tem que decidir se a briga vale a pena. É você que escolhe as batalhas de sua vida".
 
3) Qual é seu gênero literário mais reconfortante?
Gênero Narrativo.

4) Qual é seu escritor “mais reconfortante”?
Antoine de Saint-Exupéry.

5) E a escritora que você procura quando quer conforto para a alma?
Jane Austen.

6) Um livro para dias de fúria:
Uma Criança de Sorte - Thomas Buergenthal.
Em meio a tantas atrocidades o autor superou tudo e fez de sua vida o melhor que pode para ajudar.


7) Um livro para momentos de tristeza ou melancolia?
Mediadora – Meg Cabot.
A protagonista me fazia rir o tempo todo. Era uma mediadora que rolava no chão e socava os espíritos, sendo que o serviço dela era para ser feito com pacificidade.  Ela é muito engraçada.
 

8) Um livro que remete a algum momento muito bom da sua vida: (Por quê?)
Marcoré - Antonio Olavo Pereira.  
O li há pouco tempo e a cada página ficava maravilhada com o conteúdo, creio que grande parte do meu encantamento se deve por ele me transportar para lembranças tanto da infância quanto da adolescência.  A cidadezinha do interior, as árvores frondosas frutíferas, a traquinagem das crianças, as longas conversas com os parentes, amigos e vizinhos, a fofoca, a simplicidade de vida, a dedicação dos aclamados padrinhos, que tinham como filho a quem batizasse; e o que mais me levou para esses dois tempos de minha vida: o valor dado para com a pessoa e os valores a tanto perdidos ou esquecidos atualmente por muitos. Simplesmente amei esse livro!


9) Um livro para provocar emoções boas:
 O Outro Lado da Memória - Beatriz Cortes.
"Passamos por coisas na vida em que achamos que tudo está perdido e que nada mais nos fará feliz, nada mais nos fará bem. Mas, com o tempo, percebemos que todo problema tem uma solução, e que a nossa força de vontade também conta muito. Querer sair do lugar de acomodação e procurar a felicidade novamente é uma das melhores formas para encontra-la. Meu maior problema não era querer ir atrás da felicidade. Achava que estava bem da forma que estava, machucada, ferida e, sim, muito acomodada. Mas agora sei que tudo porque passei foi uma forma de me fazer apreciar a vida ainda mais, e ver que o amor verdadeiro existe sim, que existem, sim; pessoas capazes de nos esperar, de nos amar, de nos respeitar. E que o amor-próprio está acima de tudo. Que, antes de amar alguém, precisamos nos amar e nos valorizar." 


11 comentários:

  1. Oie, adorei a tag!
    Ainda não respondi no blog, mas pretendo respondê-la porque achei bem legal.
    A Série A Mediadora realmente é muito divertida. A Suze me fez rir muito!
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, nunca gostei de um livro sobre fantasmas/almas como ele. A personalidade dela fez toda diferença. Beijos.

      Excluir
  2. Oi Telma!

    O Outro Lado da Memória é uma delicia. Acho que um livro que tem o poder de despertar a minha adolescência seria a coleção Os Karas do Pedro Bandeira. Foram os primeiros livros que eu lia e relia incansavelmente.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel, que bom que gosta dele também!
      Beijos.

      Excluir
  3. O único que li desses foi a terra das sombras e concordo com o q vc disse. A protagonista e hilária

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Jane Austen e a Mediadora <3

    O resto nunca li :(

    Beijos,
    Nanda do Maquiada & Esmaltada

    ResponderExcluir
  5. Amei a tag!!!
    Série Vagalume <3. Boas recordações.

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler Jane Austen

    pensamentosquasediarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que tag legal. Concordo com algumas respostas aí

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!