10 fevereiro, 2014

Resenha: O Sobrinho do Mago

As Crônicas de Nárnia: O Sobrinho do Mago — C. S. Lewis  

Resenha por Daiani




A história começa com o diálogo entre Polly e Digory, onde ele explica o porquê de seu choro.
Ele morava no campo, tinha um pônei, um rio no fundo do quintal e agora estava morando em casas geminadas em Londres com um casal de tios que também cuidavam de sua mãe que estava doente.
Eles se tornaram amigos e para passar o tempo durante as férias começaram a explorar um túnel eu havia sobre as residências e que interligava umas as outras até chegarem a um sótão cheio de mistérios.
No sótão estava o tio de Digory, o André, e entre tantas esquisitices havia sob uma mesa anéis amarelos e verdes. Polly ficou fascinada pelos anéis e o tio André ofereceu-lhe um anel amarelo, apesar dela querer um verde, e quando ela tocou no anel não havia mais Polly, somente Digory, André e o sótão.
Depois que o tio meio que explicou o que havia acontecido disse também que Digory precisava buscar Polly levando um anel verde – que seria o que realmente os trariam de volta.
Após pegar os anéis verdes e colocar o amarelo em seu dedo ele se viu em um bosque com vários pequenos lagos e encontrou Polly.
“O material dos anéis amarelos tinha o poder de conduzir ao bosque; era matéria querendo retornar às origens. Mas a matéria dos anéis verdes, pelo contrário, estava querendo evadir, sair de seu próprio mundo; assim, um anel verde levava do bosque para um mundo qualquer”.
Quando estavam para retornar, pelo mesmo lago que vieram, Digory teve a ideia de pularem em outro lago e descobrirem outro mundo já que estavam num bosque entre dois mundos.
No novo mundo conheceram a Rainha Jadis, uma enorme e muito má rainha que destruiu todo seu reino para ser a Rainha no lugar de sua irmã.



Agora que a Rainha despertara queria ir até o mundo de Digory e Polly para governa-lo.
Os garotos pensaram ser mais espertos e assim que a Rainha deu brecha voltaram para o Bosque, mas a Rainha havia ido junto.
Ainda tentando serem mais ágeis pularam no lago que os traria de volta para Londres na certeza de deixarem a Rainha no bosque, mas para a surpresa dos dois a megera havia conseguido ir junto mais uma vez.
Já dá pra imaginar que foi uma loucura né?!

Nas páginas seguintes sobra confusão, medo, magia, descobertas... Tudo novo, tudo lindo, tudo mágico demais *---------*
Eu sempre fui boba, boba pelas crônicas de Nárnia, e descobrir como ela surge e como surge o Guarda-roupa, responsável pelas aventuras da próxima Crônica é perfeito, é certo que quem tiver oportunidade é uma ótima aventura, muitas coisas acontecem pela história.


http://livrocomdieta.blogspot.com.br/2014/01/indomavel-nick-vujiciv.html 
Daiani Pedrobon

13 comentários:

  1. O Sobrinho do Mago é uma das minhas crônicas favoritas de Nárnia! <3 É daqueles que tu lê bem rapidinho porque a história é incrível! E acho que é ainda mais incrível pra quem já conhece todo o mundo de Nárnia. Eu fiquei bem satisfeita com a história de criação, não só de Nárnia, como também do guarda-roupa (porque né, às vezes os autores inventam cada coisa só pra suas histórias terem uma justificativa!).

    Ótima resenha!
    Beijos!

    Si Flores, Folie a Books
    http://folie-a-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. você tem razão Si, é realmente uma ótima história de aventura e criação .. Muito inteligente *--*

      Excluir
  2. Oi Diana, tudo bem? Ainda não li nada do Lewis, só vi os filmes de As Cronicas de Nárnia, mas to doida pra ler os livros tb!

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a unica cronica que li até agora que se tornou filme é mto parecido com o filme, portanto acho que irá adorar o livro :)

      Excluir
  3. Adoro as crônicas de Nárnia ;)

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece ser muito bom, e amei saber que há um livro que conta como surge o guarda-roupa. Obrigada foi ótimo descobrir que existe esse livro, simplesmente amo as histórias de Nárnia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Cinthia, é muito bom saber como surgiu o guarda-roupa, até pq ficaria ainda mais surreal um guarda-roupa mágico do nada kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  5. Esse eu quero ler, acho que deve ser bem legal!

    Beijos,
    Nanda do Maquiada & Esmaltada

    ResponderExcluir
  6. Acredita que ainda não li :(
    Preciso mudar isso urgente, será uma das minhas próximas leituras com certeza.

    ResponderExcluir
  7. Não consigo me interessar por CS Lewis, acho que eu tenho um complexo

    pensamentosquasediarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu li, gostei mais ou menos. Na verdade, não muito

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!