02 agosto, 2016

Resenha: O Caminho do Louco



O brasileiro André Moire deixa tudo para trás para se envolver com um grupo internacional secreto que representa os arcanos do Tarot. Dispostos a elevar a consciência da humanidade e mudar o planeta, eles lançam mão de magia, ciência, arte, técnicas hacker e até mesmo parkour e videogames para enfrentar as forças da conformidade.

Conheça o Louco, o Mago, a Sacerdotisa, o Carro, o Sol, a Imperatriz, o Imperador e vários outros arcanos maiores e menores neste thriller conspiratório com toques subversivos e sobrenaturais. Com uma trama sombria e misteriosa que ocorre em locais como Rio de Janeiro, Paris, México, Amazônia, Riviera e Inglaterra, Guerras do Tarot fará você pensar e repensar no que acredita. Comece neste livro a trilhar “o Caminho do Louco”.



Surtados,

Há tempos não leio um livro tão bom!

Não fosse eu ter ficado doetinha (agora tá tudo bem!) vocês teriam essa resenha há bem mais tempo. 


Esse livro é sensacional!

Tem uma pitada de tudo o que é bom: misticismo, suspense, fantasia, mistério e uma escrita que deixa muito escritor americano no chinelinho de dedo (enquanto que esse está no salto agulha - comparação feminininha...rs).

Alex Mandarino mandou muito bem, construiu os personagens de maneira genial, críveis (eu tenho quase certeza de que André (personagem principal) é um dos meus melhores amigos e o alinhavamento da história acontece, também com maestria... A Avec está realmente de parabéns. Com o passar o tempo tem se aprimorado mais e mais na Edição dos livros.

O livro contém muita informação e deve ser lido com atenção. Muito é revelado com o passar da leitura.

Eu amo Tarot (ou Tarô)... e esse livro nos traz uma organização, com esse nome e sua divisão e subdivisão, bem como hierarquia, que é toda baseada nos arcanos e arquétipos do tarô (a simbologia que as cartas trazem). A maneira como o autor utilizou o tarô para montar esse esquema/sistema é incrível!

O objetivo maior dessa organização é "mudar o mundo", através de situações peculiares que são tomadas em conjunto. Lutam pelo livre arbítreo e pelo fim da "escravidão" (Igrejas, Governo, etc).... é óbvio que a Igreja se opõe e assim temos o início da nossa Guerra.

André, (me apaixonei por ele) é um jornalista que revolta-se com sua vida atual (estressada, cheia de obrigações e com poucos direitos - super me identifiquei) e larga tudo e, como o homem na belíssima capa do livro, sai pelo mundo encontrando tribos antigas e uma série de outras coisas que o levam a descobertas de si mesmo.  
Ele é peça fundamental do Tarô mas não tem ideia disso. Ele é o Louco.

Falar mais do que isso é dar spoiler então, paremos por aqui!... mas, posso garantir que, a partir daí é impossível largar o livro.

Me fez lembrar demais Neil Gaiman em Deuses Americanos.

Se houvesse mais estrelas pra dar, eu daria.... mas vamos à quantidade máxima!




PS.: Possíveis erros gramaticais ou ortográficos serão corrigidos em minha releitura  



Arcanos Maiores:

Quem ler, entenderá:



Saído de uma caverna, observado por um pássaro pousado em um galho, e com o nascer do sol ao fundo, um rapaz vestido de peles, folhas de parreira na cabeça e pequenos chifres, caminha na beira de um abismo onde, talvez, no passo seguinte, se precipitará, pois está olhando para o céu ao invés de olhar por onde está andando naquele momento. A caverna é o inconsciente. Os chifres e as peles indicam que ele tem muito da natureza animal, instintiva.

Olha para o céu : indica um ser preocupado com as coisas superiores,mas que está se descuidando das coisas da Terra, e nisto há grande perigo. O ideal é que conseguisse conjugar ambas as preocupações, mas não dedicar atenção exclusiva a apenas uma delas.

Cair no abismo seria perder o juízo, a razão e o discernimento. Estar na montanha significa que ele está mais perto do céu, mas não deve "viver nas nuvens" , ou cairá no perigo da imaginação excessiva e da abstração, o que lhe exporá ao ridículo e aos perigos do mundo real.

Trilha Sonora


22 comentários:

  1. Nunca tinha ouvido falar desse livro mas me interessei muito já! Achei engraçado o personagem principal ser o Louco do Tarô. Eu me interessei bastante pelo livro se basear no conjunto das cartas apesar de saber praticamente nada sobre elas kkk O livro assim que vai apresentando as personagens que fazem parte do sistema, ele também fala um pouco do significado de cada carta pra gente entender a relação dela com a pessoa, Telma?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lavinia,
      você PRECISA ler esse livro... Como sei mais ou menos seu gosto pra leitura, tenho certeza de que iria se amarrar nessa escrita inteligente e cheia de mistério.
      Muitos beijos
      :)

      Excluir
  2. Telma, parece ser um livro bem diferente, pelo menos nunca li nenhum livro sobre Tarot.
    Fiquei muito curiosa você amou, então fico a pensar no que tem em cada linha. Você só faz isso para nos atiçar né! Custosa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :))
      Você é mesmo uma linda!
      Fiquei doida com o livro, Cinthia..... doidona.
      Mais pra frente vou lê-lo de novo!

      Excluir
  3. Oi Telma!
    Que ótima dica de leitura! Já conhecia a capa desse livro, porém não tinha conhecimento da premissa do mesmo. As cores da capa estão muito bonitas. E depois da sua ótima resenha, fiquei com muita vontade de ler esse livro. Por tudo que você falou e por seu entusiasmo com a leitura, fiquei muito curiosa. Gosto de enredos com mistério e temas diferentes. Não sei muito sobre tarô, porém acho fascinante. Dica anotadíssima. Beijos! =D7

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o tarot é realmente fascinante, Márcia... e esse livro faz jus!
      Amo seus comments!
      beijos
      :)

      Excluir
  4. nunca tinha ouvido falar no Alex Mandarino, nem nunca li nada sobre Tarô (sei naaadica de nada sobre o assunto kkkkk)
    mas já li livros de brasileiros que são maravilhosos, e é visivel sua animação então tenho certeza que esse tbm é muito bom..
    alias, adoooreeeei a capa.. tem uma força incrível!

    ebaaaaaaaaaaaa, mais um escritor brasileiro porretaaa!! (acho que essa palavra ficaria melhor no comentário da Márcia mas não 'guentei' kkkkkkkk)

    :x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhhhh é porreta mesmo! Seja no seu comment ou no da Marcinha.... :))
      Dai, esse livro é TUDOOOOOOOOOOOO
      :D

      Excluir
  5. Oi Telma, nunca tinha ouvido falar desse livro. Não conheço nada sobre tarô (só sei qual é a carta da morte por causa de uma revista da Turma da Mônica Jovem kk) mas achei uma temática muito diferente e que nunca vi em nenhuma outra obra do gênero e se para mim que não entendo nada do tema a sinopse pareceu interessante, para ti deve ter sido uma ótima leitura. Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Jade... dentre tantas outras coisas, o que me atraiu demais foi a temática diferente.
      hoje em dia é difícil achar ideias diferentes, né?
      beijos

      Excluir
  6. Também ainda não conhecia esse livro, e achei a trama super eletrizante, pelo fato de ter uma construção inteligente, com uma mistura de vários assuntos. O tarô me pareceu ser uma parte importante dessa trama, e por não conhecer nada sobre as cartas, isso fez com que eu me interessasse ainda mais pela leitura do livro, porque essa será uma boa oportunidade para saber e conhecer mais sobre esse tema. Espero me envolver bastante com essa história, e amar essa leitura, esse livro já vai para minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lana, se tiver a oportunidade de ler, me diga se gostou tanto quanto eu!
      muitos beijos

      Excluir
  7. Achei a sinopse bem legal, a resenha também despertou bastante o interesse na leitura. Só a capa eu achei meio confusa. Mas certamente é um livro pra ler futuramente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josi,
      A capa tem a ver com a história... eu ameiiiiiiiiiiiiiiii...
      Super beijo, gata!
      :)

      Excluir
  8. Olá!
    Apesar da sua ótima resenha (parabéns)eu não consegui me interessar pelo livro :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lara,
      isso acontece o tempo todo... temos gostos diferentes e eu acho isso bem bacana.
      Inclusive dentre os resenhistas do blog, temos gostos bem diferentes!
      Adoro essa mistura de cores.
      Beijos e mais beijos :)

      Excluir
  9. Olá
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, pois não sou fã de sobrenaturais, nem de tarot haha, não conheco nada. Mas pela sua resenha acho que o livro é ótimo pra quem gosta do assunto, e ainda por cima é nacional! Hahaha amo.
    Muito boa sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu tava dizendo pra Lara, acima... gostos diferentes trazem cores ao mundo... eu adoro!!!! :))
      Adoro o tarô e adoro leitura sobrenatural mas sei de muita gente que não curte. Natural, né?
      beijos, sua linda!

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Telma, estou impressionada com tamanha criatividade do autor.
    Me pareceu um livro mega diferentão, que consegue juntar elementos diversos com maestria.
    Com certeza eu leria um livro assim, mesmo não sendo fã de narrativas místicas.

    Me lembrei do livro o natimorto do Lourenço Mutarelli, onde ele usa o tarô para construir as falas de seu personagem.

    E essa capa hein. Muito linda

    Hug lindona

    ResponderExcluir
  12. Telma, estou impressionada com tamanha criatividade do autor.
    Me pareceu um livro mega diferentão, que consegue juntar elementos diversos com maestria.
    Com certeza eu leria um livro assim, mesmo não sendo fã de narrativas místicas.

    Me lembrei do livro o natimorto do Lourenço Mutarelli, onde ele usa o tarô para construir as falas de seu personagem.

    E essa capa hein. Muito linda

    Hug lindona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa... agora fiquei curiosa pelo Natimorto....
      e sim, Marcinha, Alex Mandarino foi fodástico.
      Amei a capa, também.
      Muitos beijos em vc! ;)

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!