21 novembro, 2015

Noites de Tormenta



Há três anos, Adrienne Willis perdeu as esperanças no amor quando o marido a trocou por uma mulher mais jovem. Tendo que cuidar sozinha dos três filhos adolescentes e do pai doente, ela acha que nunca será capaz de recuperar a autoestima e a vontade de viver.

Por isso, quando sua amiga Jean precisa fazer uma pequena viagem e lhepede que tome conta de sua pousada, ela vê uma oportunidade paramudar de rotina. A previsão de tempestade iminente, no entanto, faz comque os próximos dias não pareçam muito promissores. Pelo menos até achegada de Paul Flanner, o único hóspede com reserva para o fim de semana prolongado.

Aos 54 anos, Paul é um cirurgião bem-sucedido que enfrenta fantasmas parecidos com os de Adrienne. Nos últimos seis meses, a esposa pediu o divórcio e ele rompeu relações com o filho. Ao ver sua vida perder o rumo, Paul decidiu vender a clínica e a casa e ir à pequena cidade de Rodanthe para encerrar um doloroso capítulo de seu passado.

Logo Paul e Adrienne começam a descobrir suas afinidades e a se aproximar cada vez mais. Ao longo do fim de semana, a tempestade que toma conta de Rodanthe finalmente chega ao fim, mas o que nasce entre eles ressoará pelo resto de suas vidas, entrelaçando passado e futuro e dando um novo significado às palavras amor e perda.



Acho que essa resenha vai sair um pouco diferente das demais.

Tenho lido alguns livros meio hardcore (as resenhas hardcore também sairão) e, depois de ler Confissões de Inverno (se não viu resenha, clique aqui), eu precisava muito de algo leve, doce... e pensei: Nicholas Sparks!

Não está entre meus autores favoritos mas, depois de ter chorado uns 10 litros, tenho que admitir que esse homem sabe escrever, sabe como tocar o coração de uma mulher (chega a ser difícil acreditar que o livro foi escrito por um homem).

Não vou me demorar nessa resenha e nem gostaria de recontar a sinopse (que já conta a história toda), só vou falar mais das minhas impressões, por conta da emoções arrancadas pela história.

Eu já tenho uns quilômetros rodados, então já perdi um amor (mais de uma vez), já perdi um irmão (que dor! que dor!) e já vi que a vida pode ser doce e com certeza, vai ser também amarga. A perda é inevitável... assim como é constante o renascer das cinzas. O reerguer-se depois das perdas. É disso que esse livro fala. De maneira deliciosa, esse livro se trata de  ganhos e perdas... de amadurecimento através disso tudo.

Eu encontrei o homem da minha vida sem estar esperando e, é também disso que esse livro se trata...

Por conta desses clichês (vivo dizendo que amos alguns clichês, né?), que se casam com nossos clichês reais, eu vivi o livro...(usei três vezes a palavra clichê, de propósito) ou posso dizer que Nicholas Sparks escreveu outra versão de parte da minha vida. Como é que eu não vou aplaudir o cara? Vou aplaudir sim!

As cartas trocadas são grandes e deliciosos quotes., pra quem, vez ou outra acorda "meninina" .... "mulherzinha", como eu acordei hoje.

Se tiver a fim de ler um livro sensível, eu super recomendo!

Ah! O livro tem certa previsibilidade... mas.... e daí? *balançando os ombros* Mexeu comigo assim mesmo!


"Ele não tinha sido seu marido ou noivo; se o chamasse de namorado iria parecer que tivera um delírio adolescente; amante representava apenas uma parte do que haviam compartilhado. Ele era a única pessoa de sua vida que parecia desafiar qualquer descrição, e se perguntou quantas pessoas poderiam dizer a mesma coisa a respeito de alguém em suas vidas"







Música Sugerida: Iris - Goo Goo Dolls


música com legenda em Português


PS.: Possíveis erros gramaticais ou ortográficos serão corrigidos em minha releitura

20 comentários:

  1. Oi! Ah, Nicholas, eu sou bastante fã dele, me lembro que quando eu era menor sempre ouvia falar sobre Um Amor Para Recordar e já cheguei a ver a capa do livro algumas vezes, não sei se era em português, mas a capa era linda e nostálgica, eu parava no tempo e ficava admirando, até porque até o título é memorável, era de suspirar. Ficava morrendo de vontade de ler e, acredite, ainda não li, mas logo isso será resolvido. Mas, claro, que já li algumas obras dele que me deixaram com lágrimas nos olhos e me pergunto sempre porque demorei tanto de ler suas obras. Esse livro acabou chegando aqui essa semana e ainda não tive coragem de pega-lo para ler. Motivo?! Estou tentando me preparar para a emoção que, com certeza, terei. Ai, essa capa é ainda mais bonita, parece uma foto guardada no álbum de algum casal que tanto se amou e que de vez em quando seus netos e filhos olham para admirar a cumplicidade, é linda!
    Amei sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nadja,
      Prepare-se para chorar!
      Muitos beijos em você!
      :*

      Excluir
  2. Telma só vc consegue fazer este autor parecer interessante rs.
    Hug lindona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)) :)) :))
      mas, quando voce vier aqui em casa, eu te mostro porque me tocou tanto!
      Dizer aqui é dar spoiler!

      Excluir
  3. Telma!
    Sou simplesmente apaixonada pelos livros do Nicholas. Ele sabe nos comover e tira nossos sentimentos mais profundos.
    Nossa! Fiquei tão impressionada em como nossas vidas são parecidas... Perdi amores, perdi meu irmão há quase 2 anos, e encontrei seu querer o grande amor de minha vida... Coincidência, né?
    “Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem.”(Millôr Fernandes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha quantas coincidências, Rudy!!!!
      uma hora dessas vamos sentar, tomar um chá e falar sobre tudo isso, ok? *sorriso*
      Beijoconas
      :)

      Excluir
  4. Aiiiii.. A sra Lindeza sabe que sou apaixonada por esse homem né?! Já li esse e tbm chorei muito.. Ele é muito top no romance gerente.. Adorei sua resenha.. To lendo um dele agora que se chama "Uma carta de amor" e tbm é lindo.. Agora a sra Lindeza tem certeza do pq eu amo taaaanto esse cara!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha... o amor maior será sempre o seu!!!
      mas, sim... entendo porque ele é sua paixão, Dai.... as resenhas dele serão todas sua!
      beijos e muitos beijos.
      Feliz que esteja de volta!
      =D7

      Excluir
    2. *-------* mto feliz por ter voltado :***

      Excluir
  5. Nicholas Sparks bombando no Surtos Literários! Quanto amor! <3 Acredita que eu nunca li nenhum livro dele?! Já assisti quase todas as adaptações, mas ler, nenhum sequer! Gosto de romances, mas tenho a impressão que o Sparks tem uma certa "receitinha" infalível... Apesar que a resenha do Noites de Tormenta (e essa capa linda) me deu uma vontade louca de conhecê-lo! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. K, eu te entendo e partilhamos da mesma opinião no tocante ao sr. Sparks... mas como esse livro veio a calhar!!!!!!
      Acreditei demais nos personagens e isso me arrebata. (sem contar as semelhanças com "my life")
      beijos, coisa linda!
      :)

      Excluir
  6. Sempre ouvi falar de Nicholas mais nunca li algo dele e pelo tanto que esta sendo abordado parece ser muito bom..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é meu gênero favorito mas, não tenho como negar (como vc viu na resenha) de que a leitura foi ótima!!!!!
      beijos
      :)

      Excluir
  7. Telma!

    Esse gênero de leitura não é o meu forte, mas gosto de livros que falem e mostrem coisas da vida real, como vc mesma citou "ganhos e perdas" . Amei a resenha, bem objetiva! O que me deixa mais pensativa e com vontade de me venturar em outros estilos :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é meu forte também, coisa linda... mas esse, em especial, eu amei de paixão!
      Meu fraco se tornou, nesse momento, meu forte! rs*
      beijos muitos

      Excluir
  8. Confeso nunca li nada dele mas to super na vibe de experimentar coisas novas lol
    Curti a capa e sim a historia e cliche mas se mecher com a gente e dai lol
    O importante e curtir a leitura

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ah, fiquei curiosa! Telma sua vida não é um livro ou um filme, é uma vida vivida estrelada e com tormentas em que o Sol brilha mais do que em muitas vidas porque você deixa com que ele se vire para você e emita seus raios.
    Gosto muito do autor devido essa forma dele escrever encontros e desencontros de forma real. Essa abordagem é ótima, gosto muito!

    ResponderExcluir
  10. Eu sinceramente não sou muito fã do autor ,mas toda vez que quero ler um livro mais leve ,penso em Nicholas Sparks ,assim como VC .
    Quanto a esse livro ,sinceramente não gostei muito ,mas talvez eu acabe lendo ,quando precisar de algo não tão pesado. U.U

    ResponderExcluir
  11. oi!
    Me interessei por esse livro depois que vi o filme e fiquei muito interessada nessa historia concordo que é incrível como as historia do Nicholas Sparks nos tocam e se assemelha algumas vezes com nossas vidas !!

    ResponderExcluir
  12. Uma linda estória de amor!! Os protagonistas sofreram desilusões amorosas,ambos foram "abandonados" por seus cônjuges. Paul tenta recuperar sua relação com o filho! Mas será que ele conseguirá? O livro nos mostra que nunca é tarde para amar e perdoar!!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!