04 setembro, 2014

Resenha: Private Londres

Private Londres - Agência Internacional de Investigações




Olá, queridões!

Quero trabalhar na Private Londres! Lá nem tudo são flores... mas tudo é "glamourizado"!
Imagine trabalhar numa agência secreta, com código pessoal (nada tem a ver com CIA), que trata de proteger testemunhas de crimes, pessoas cuja vida correm perigo e que pagam muuuuuito bem pra isso? Enfim... os ricaços quando têm um big problem, chamam a Private para solucionar.

Os autores, James Patterson e Mark Pearson estão em perfeita sintonia (já gosto deles em separado... juntos então, realmente fazem a história prender o leitor ainda mais).

Eu sempre fui apaixonada por Dan Carter (o investigador) que, já foi da Polícia Militar Real de Londres e agora, é um dos mais requisitados e bem sucedidos agentes da Private. Já teve experiências horríveis com a morte e sabe lidar bem com ela. Tem a chamada "aceitação" no que se refere a morte, o que o torna muito mais eficiente no trabalho. veja trecho sobre o que ele pensa da morte:

"Às vezes a morte simplesmente chega. Pelos lados, por trás, pela frente... como um trem em alta velocidade. Qualquer que seja a direção, nada pode ser feito a respeito. Eu sei disso melhor do que a maioria das pessoas." p.21

Pois bem, esse homem que lida tão bem com a morte por já ter tido muitos encontros com "ela", morre de medo de voar e algumas passagens são realmente hilárias, por conta disso. Ele serviu no Iraque e deixou o Exército por motivos que você saberá mais tarde, quando tiver lido o livro, mas morre de medo de voar. O diálogo entre ele e a adolescente que ele deve proteger, dentro de uma avião é uma das partes hilárias.

As cenas de descrição de crimes são um tanto quanto explícitas. É preciso gostar de CSI para gostar desse livro também.
Veja esse trechinho:

"Dei outra olhada no cadáver. Como havia dito, estava envolto por plástico. Mas o ratos devoraram a parte central, expondo o torso, a região pélvica e parte da caixa torácica. Os ossos estavam salientes e boa parte da carne e dos ossos estavam expostos. Não havia acúmulo de sangue ao redor do corpo." p.38

É nesse meio que Dan convive. Na verdade é nesse meio que os policiais convivem, né? Agora, já não quero tanto, trabalhar na Private. Outras cenas me fizeram desistir do emprego, também...rs

Enfim, voltemos a história.
O livro é de fácil leitura. Com cenas bem descritas. Acredito que quem goste de um bom livro policial vá gostar bastante desse aqui. A leitura é rápida: são apenas 214 páginas com letras de bom tamanho. Capítulos pequenos. Envolvente!

Recomendo!







Sinopse:



Quando os ricos e famosos estão em apuros, a primeira ligação deles não é para os serviços de emergência. Eles ligam para a Private.

Para muitas pessoas, um minuto pode ser pouco tempo. Mas foi suficiente para Jack Morgan falhar em salvar a mãe de Hannah Shapiro. Impotente e com medo, a jovem de 13 anos viu a mãe ser morta quando o pai não pagou o resgate aos sequestradores. E, embora tenha sobrevivido, guardou aquele pesadelo na memória por sete anos.

Mas isso foi antes da Private. Antes de Jack Morgan ter recursos.

Com clientes de elite, a agência se expandiu, abrindo filiais no mundo inteiro. Com um seleto time de investigadores e equipamentos de última geração, a Private é uma rede bem-estruturada e Jack saberá usá-la para a proteção de Hannah. Para isso, ele convoca Dan Carter, responsável pelo escritório da Private em Londres, como guardião de Hannah, agora uma mulher de 20 anos, estudante de psicologia.

O plano não podia dar errado – até Hannah e as amigas, incluindo a afilhada de Carter, serem atacadas em frente à universidade. Quando Hannah é mais uma vez sequestrada e sua afilhada entra em coma, Dan Carter descobre que os sequestradores são profissionais, alguém está vazando informações e a questão é pessoal.

O pesadelo recomeçou.




17 comentários:

  1. Nossa achei super interessante *-* Meu tipo de livro rs Acho que só li Bruxos e Bruxas do James Patterson (não gostei muito, mega confuso :S) conheço a escrita e sei que ele é divertidíssimo e bom em descrições o que é um ponto crucial em livros policiais ou de suspense xD Felizmente, para mim, ganhei esse livro de presente, então é leitura para breve xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conta o que achou, Prí?
      Eu também não gostei muito de Bruxos e Bruxas.... :/
      Mas este é outra história, nada confuso e bem fluído.
      :*

      Excluir
  2. Eu sou louca pra adentrar nesse mundo dos policiais de James Patterson.
    Todos os títulos dele me chamam atenção e sou louca pelo gênero, ainda mais o autor rendendo umas boas risadas, então <3
    Fora que a capa desse livro é estonteante, que cabelo azul maravilhoso é esse, nossinhora.

    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, minha gata.... o cabelo da capa que eu também amei tanto, não é azul. Só saiu azul nessa imagem acho que é distorção de pixel!
      huashuahsuahsuhuaha
      A distorção fez a capa mais bonita, né? =D7
      Beijoconas

      Excluir
    2. Não é azul, não quero mais, hauhauhauha

      Excluir
  3. Telma!
    Sou bem fã do James, gosto demais de livros policiais e com uma pitada de humor, vou longe na leitura. Ainda mais que amo CSI já vi que vou me fartar com a leitura.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy, sua linda,
      eu acredito então que esse livro é sua pedida!
      Muitos beijos :D

      Excluir
  4. Pelos quotes acho que tem que ter estomago pra ler esse livro mas eu gosto disso,deve ser bem interessante
    ⋙ Um beijo, te espero no blog
    Sorteio blog Livros com café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pepi, minha linda... realmente tem que ter estômago.
      Por vezes até sentir o fedor de um cadáver apodrecendo... arghhhh :p

      Excluir
  5. telma, souu apaixonda por essa série o James arrebentou na forma que criou não só a base da Agência, ams todas as histórias...ficou ótima..super recomendo...como fã de história policial, esse é muito bom..recomendo...bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  6. Só a descrição da capa já nos leva a querer ver essa agência de perto, mas os cadáveres afastam totalmente essa ideia heheh.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Telma!

    Adoro o gênero policial. Com a indicação do seriado que sou A-PAI-XO-NA-DO, o CSI, fiquei mais interessado para ler Private!

    Excelente resenha, diga-se de passagem!
    Beijos!

    Daniel Moraes
    http://irmaoslivreiros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A-M-O histórias policiais!!
    Esse livro parece ser bem interessante, mas o q me deixou meio triste foi o fato dele ser tão curto (e com letras grande, como vc disse)...
    Achei a capa interessante e pelo visto está no contesto da história...gostei!

    ResponderExcluir
  9. Até o momento eu não li nenhum livro do escritor, mas estou super curiosa, Todas as resenhas que vi são ótimas! Amo o gênero policial, gostei do enredo e achei a capa muito linda.

    ResponderExcluir
  10. Amo os livros do James Patterson. Mas não li nenhum desta série ainda. Estou muito curiosa. Parabéns!

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!