02 agosto, 2014

Resenha: A Mulher do Viajante do Tempo





Por Cinthia



453 páginas
Audrey Niffenegger
Suma de Letras



Henry sofre de um distúrbio genético raro. De tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás, e ele se vê viajando no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida tanto no passado quanto no futuro. Causados por acontecimentos estressantes, os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los. A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação.




Mais um livro que conheço através do Livro Viajante. Não tenho a facilidade usual de me emocionar em livros, ou o que seja, mas esse livro me deixa com um sentimento a mais cada vez que me lembro dele por seu tema estar ligado a vida em si e ao valor que damos ao tempo e como o aproveitamos. Simplesmente, um daqueles livros que li esse ano e tirei algo para mim, bem especial.

A história decorre sobre a vida de Henry por ter um distúrbio genético raro que ao sentir qualquer emoção a mais faz com que ele salte no tempo, tanto no passado quanto no futuro. Esses saltos são feitos por qualquer Henry de qualquer idade, de qualquer época, a autora quis mostrar o paradoxo entre o tempo e idade. Então, quando Henry conhece Clare, ela tem seis anos, mas ele já sabe o que ela é para ele. Clare, em qualquer tempo tem de procurar a lidar com a perspectiva dessas viagens de Henry que nem sempre são boas, já que ao viajar ele não leva nada consigo, fica desprovido de tudo. Clare sempre é a que fica, Henry sempre é o que vai, e sempre o espera desde seus 6 anos.

Pode parecer complicado, estranho e cansativo, mas para ler esse livro primeiramente precisa prestar bastante atenção nas datas, a autora fecha todas as datas, todas as pontas que vai deixando soltas durante as idas e vindas de Henry, assim não se torna cansativo. É uma narrativa em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Henry e Clare, o que insere muita humanidade aos dois pela alternância entre eles, traço que marca toda a narrativa. Uma história comum do cotidiano de um casal mostrada de forma inteligente e muito versátil. Diria que a autora teve uma ideia singular e funcionou de forma perfeita.

São tantos percalços que os dois passam... Em um momento Henry tendo de ser pai, amigo, colega, namorado só de pegar na mão. Em outro, um Henry maduro, às vezes criança, necessitado de carinho, cuidado e amor, e há aqueles momentos em que, é o Henry que sabe o que está por vir e deixa o leitor, Clare e amigos com o coração na mão sem saber como tudo vai suceder depois.

Um livro que mostra do início ao fim o que é o amor, amar verdadeiramente, ser companheiro (a), amigo (a), fazer parte no mundo, encontrar seu porto seguro, sua âncora, e o quão importante isso é. Que mostra como o tempo é relativo e sentimentos como saudade, dor, distância, espera pode fazer mover o interior dos que ficam sempre a sentir por estar esperando seja por algo ou principalmente alguém. O livro traz essas reflexões e outras muitas.  

Há uma adaptação do livro que se chama “Te Amarei pra Sempre”. Não assisti, mas pelo trailer dá para ver que há partes do livro em sua consistência. Recomendo a leitura, e para quem gosta de um filme:






Te Amo Sempre. Tempo não é Nada.- Henry -




41 comentários:

  1. Caramba, quando comecei a ler a sinopse, pensei, poxa! Eu já vi um filme assim! E aí fui lendo a resenha vocês me passaram o nome do filme (preciso rever, urgente, mas não sem antes ler o livro)
    Quero muito ler o livro, porque achei o filme perfeito e os livros são tão mais completos e legais! Adorei essa frase tua: "o tempo é relativo e sentimentos como saudade, dor, distância, espera pode fazer mover o interior dos que ficam sempre a sentir por estar esperando seja por algo ou principalmente alguém." E é verdade... se o livro nos traz essas reflexões, definitivamente ele entrou para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samantha, o livro realmente me fez refletir muito sobre a vida e escolhas, sobre viver e se dar por aquilo que ama, sobre tudo o que escrevi acima e muito mais. Realmente um livro que me fez mudar um pouco minha forma de ser. Você não vai arrepender ao lê-lo.

      Excluir
  2. Li sua resenha e me emocionei. Quero muito ler o livro e assistir ao filme, nesta ordem mesmo. Acho que sua resenha é a primeira que leio, embora já tenha visto várias delas nos blogs. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maristela, obrigada. Leia e assista, para mim um livro que deixou muito em mim e para mim.

      Excluir
  3. Nossa que livro lindo! Me deu muita vontade de lê-lo..
    Ultimamente estou lendo muitos livros que emocionam hahaha, e com isso estou ficando bebem sentimentalista..
    Vou colocá-lo na minha lista de desejados hehe
    Bjs
    Anny

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora conclui de forma espetacular, é tudo que posso falar, trazendo emoções a tona em que está lendo. Leia e depois me diga o que achou. Beijos.

      Excluir
  4. Cinthia!
    Nossa! Fiquei apaixonada pelo livro e quero lê-lo demais.
    A temática viagem no tempo muito me atrai de várias formas e gosto de saber qual a visão do autor sobre o assunto.
    Uma coisa primordial para mim é que nesse caso o relacionamento nunca cairá na mesmice, embora entenda que deve ser difícil esperar pelo amado sem saber em que época ou lugar ele vai estar.
    Fantástico.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy, o foco não é a viagem no tempo, é o que ela causa na vida do Henry e de todos ao redor, uma visão bem diferente de livros de viagem no tempo que já li, até me surpreendi como a autora foi inteligente. Ela abordou o tema "vida", "viver o dia a dia" de uma forma diferente e funcionou perfeito. Leia Rudy amaria ver o que achou, acho tão bom ver novas visões. Beijos.

      Excluir
  5. A Mulher do Viajante do Tempo é o tipo de livro que eu não compraria ao olhá-lo numa livraria, mas a temática é incrível, toda essa coisa de "viajar no tempo" e ficar voltando e voltando para outras partes de sua vida. Achei muito interessante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luana eu também achei bem estranha a capa, mas ao lê-lo entende o motivo. Para mim ela não é chamativa também. E realmente essa forma de abordar da autora foi excepcional, ela pega algo em uma viagem e vai consolidando depois ou antes, segundo as viagens, gostei muito disso também.

      Excluir
  6. Caramba, que emoção em ler a resenha, imagina o livro *-* O filme eu já vi e inclusive comecei a assistir, mas não terminei, então não tenho como opinar. Realmente é uma história fantástica, que parece dar muitas lições de vida, aprendizado também, e eu adoro isso em livros, além de você se emocionar com a história, com os acontecimentos e a forma como cada personagem age. Se eu tiver a oportunidade de lê-lo, com certeza eu farei, assim como assistir o filme ;) Amei, parabéns pela resenha :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiver oportunidade e assistir, depois comente, gostaria de saber o que achou. Obrigada.

      Excluir
  7. Sou looooooouca para ler esse livro!!!!
    Parece lindo e emocionante!!!
    Mas confesso que ainda não o li, por medo de não conseguir compreender as passagens de tempo.
    Porém, pelo o que vc explicou, não é difícil, então o lerei logo logo!!!!!!
    Aiiii tbm quero assistir o filme, mas acho que lerei primeiro =)
    bjooooos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu não sabia que precisava prestar atenção nas datas e fui lendo, daí lá na frente vi que a autora dava conclusão ao assunto que abriu logo nas primeiras páginas, daí voltei e reli, e vi a data. Se você já iniciar lendo-o com atenção nas datas e principalmente a idade do Henry. Eu prestei atenção na idade e datas (nessa sequência) não tem erro, pois as idas e vindas dele se baseiam nas idades dele e datas. Não é difícil.

      Excluir
  8. Gostei de conhecer a história deste livro. Viagens no tempo, sempre é o meu tema preferido nas leituras. Descobri que amo esse assunto pelo meu escritor favorito: Júlio Verner. rsrsrs Mais a história deste é realmente boa e fiquei empolgada com ela e os personagens. vou tentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo esse tema, e a autora trabalhou temas cotidianos nele de forma bem inteligente. Se tiver oportunidade leia e espero que goste.

      Excluir
  9. Não sei... Não é o tipo de livro que eu goste, sempre acho piegas e mais voltado para a autoajuda esses livros que se propõem a analisar o amor a partir de uma premissa paradoxal se é que dá para me compreender, me falta paciência tanto com livros que trazem uma perspectiva tradicional o "amor como resposta" como aquela qie tenta vê-lo como "o meio para se alcançar", e esse me parece exatamente o livro que o trata assim. No entanto, lendo sua resenha, fiquei extremamente curiosa pela estrutura da autora, não importa como eu imagine, não parece funcionar, mas com tantas resenhas favoráveis, deve ter algo realmente surpreendente e bem feito nisso kkkkk
    Talvez eu o leia só por isso ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é tudo menos isso, ele traz o tempo paradoxo, mas não trata do amor paradoxal ou o amor como resposta, trata o amor por si só, como amor independente de tudo, o amor como sendo o que é.

      Excluir
  10. Oi Cinthia.
    Eu adorei esse livro. Gostei da forma como o casal se esforça para se manter juntos e como o amor deles é lindo. Realmente vale a pena ler o livro! Recomendo!
    Assisti o filme e gostei bastante, achei que eles foram bem fiéis ao livro, apesar do final ser um pouco diferente, mas tudo bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Não assisti ao filme ainda, e fico mais feliz em saber que o filme foi uma boa adaptação.

      Excluir
  11. Nossa eu já vi esse filme, é lindo, fiquei doida pra ler o livro!

    ResponderExcluir
  12. Eu comecei a ler o livro, mas percebi que ele é um pouco complexo, tende se estar bem atento para não se perder na leitura e no momento não estou assim, estou mais para leituras mais ageis, sem ter de pensar muito, mais para diversão mesmo...não que o livro seja contemplativo e tals, mas para não se perder na leitura mesmo. Mas ainda pretendo ler. Gostei do que li. Bjksss

    Mey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo você, o livro que remonta presente e passado e futuro intercalados, há de se prestar atenção, se não passa a desgostar. Dê um tempo, depois você tenta de novo.

      Excluir
  13. Sou louca pra ler esse livro, assisti o filme e é um sonho. Então o livro deve ser melhor ainda. Sem dúvidas será uma das minhas próximas aquisições. Porque esse é sonho level Hard!
    Esse tipo de história é sempre muito interessante, viagem no tempo sempre mexerá com o meu psicológico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês nesse post me fizeram ficar curiosa pelo filme, vou assisti-lo assim que der. O livro super compensa! Um tema que mexe comigo também Kris, amo livros sobre viagem no tempo.

      Excluir
  14. Livro maravilhoso! Recomendo extremamente :)

    ResponderExcluir
  15. To louca pra ler esse livroo,ele me parece bem complexo,mas vale a pena,e eu não sabia que o filme Te Amarei Para Sempre tinha alguma coisa a ver com esse livro,eu nunca parei pra ver esse filme,sempre passa no megapix e eu quero ver,mas nunca tenho tempo,quando passar dnovo vou parar e ver,e mês que vem lerei esse livro. *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando o ler, amaria saber o que achou. Beijos.

      Excluir
  16. Esse livro é um dos meus xodós, o achei intenso, delicado, romântico, lindo. Simplesmente incrível.Me emocionei bastante,e foi totcante e incrível conseguir sentir as emoções que Audrey quis transmitir na história. A química e o amor entre Henry e Clare é belíssima, su fascinada por esse casal. Somente aquele amigo traíra que daria uns murros...mas, enfim, super recomendo..
    Eu sempre tenho um 'pé atrás' com as adaptações. Mas, o filme deste livro consguiu captar a essência da trama.

    bjs e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senti o mesmo pelo "amigo", e o Henry sempre tão tão centrado! Depois quero assistir ao filme, não assisti ainda. Obrigada você Aline por ter vindo aqui comentar, foi ótimo.

      Excluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, ele parece ser bom, a historia pelo que deu para notar é extremamente linda, adorei, confesso que achei o titulo meio que estranho e a capa não me agradou, mas a sua resenha fez parecer que a leitura do livro vale a pena.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa não é chamativa, realmente, mas retrata um ponto importante na vida do Henry, muito importante, quando se lê o livro entende. O livro é ótimo!

      Excluir
  18. 453 páginas :3 Parece maravilhoso e realmente humano na essência! Vou dar uma olhadinha no filme ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem vi lendo essas 453 páginas, quando peguei o ritmo de leitura de ida e vinda do e ao passado, queria saber o que aconteceria mais e mais, não queria parar. Assista sim, depois comente se gostou.

      Excluir
  19. Eu amo o filme e não sabia que tinha um livro D=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se assistiu o filme e amou, creio que vai amar o livro também!

      Excluir
  20. Pelo trailer do filme parece ser legal! E pela resenha também, é claro.

    ResponderExcluir
  21. Eu recomendo o filme para vc. É ótimo, é daqueles q vc sempre quer assistir e nunca acabar, enquanto ao livro ainda não tive a oportunidade de le-lo mas futuramente vou ler sim...

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  22. Já vi o filme várias vezes, ele é lindo! o livro deve ser melhor ainda, quero muito ler.

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!