31 agosto, 2013

Resenha: Uma Longa Jornada

Resenha e Entrevista com o autor


Queridos, aguardamos os comentários de vocês nessa resenha, feita a duas mãos, com muito amor!


Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias. Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição. Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder. Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.

Esse livro foi uma grata surpresa!

Daiani Pedrobon, é super fã do Nicholas Sparks, já eu, não sou muito fã de romances, a menos que eles sejam pouco açucarados e cheios de tiradas inteligentes.

Pois bem, esse livro tem açúcar em boa quantidade e é cheio de frases e pensamentos inteligentes.
Eu amei! Surpreendi-me positivamente com esse lançamento no Brasil, do sr. Sparks.

Sabiam disso? A Arqueiro me informou que o sr. Sparks estará autografando os livros na Bienal do Rio de Janeiro e eu aqui morrendo de vontade de dar uma braço no homem! Sim, porque eu iria querer foto, abraço e autógrafo. ok...ok... fiquei sem nada por morar em São Paulo e ser pobre (tenho que trabalhar, não viajar), mas .... fiquei com a história do livro que é muuuuito boa.

O drama, característica comum nos livros de Sparks, está presente nesse, claro. Já começamos com ele: Ira bateu o carro num pedaço de gelo e está semi consciente, esperando ajuda em seu carro. Durante este estado de semi consciência ele vê Ruth, sua esposa já falecida. Essa visão o mantém vivo. Eles conversam, relembram desde o momento em que se conheceram e fazem revelações um ao outro que não tiveram oportunidade de fazer quando ela estava vida. É lindo a história dos dois. É lindo a força do amor dos dois. Minha percepção é a de que Ira manteve-se vivo mais por querer a presença constante de sua esposa ao seu lado, do que pelo instinto de sobrevivência que todos temos.

No próximo capítulo somos apresentados a Sophia (fofa demais!apaixonante!) e a Luke (já expliquei a meu marido que estou apaixonada por outro personagem de livro... :p). Sophia recém terminou o namoro com o bastardo Brian (que a traía e já havia sido perdoado anteriormente mas, era um traidor recorrente) e foi "arrastada" para um rodeio por sua amiga, Marcia, onde conheceu o moreno, alto, bonito e sensual, Luke. O romance dos dois começa nesse momento e passa por muita coisa. É gostoso demais ver esse desabrochar... Me lembrei dos meus amores desabrochando. :)

O livro se passa dessa maneira, intercalando capítulos do amor de Ira e Ruth e Sophia e Brian. Gerações diferentes que vão se cruzar. Ambos com problemas diferentes mas com algo em comum: amor! (essa delicinha a qual não podemos viver sem).

Segredos são revelados entre ambos os casais. O perdão, a paciência, a tolerância são exercidos por eles em nome desse sentimento maior que quem ainda não provou, vai provar... e quem afirma nunca ter provado (mesmo depois de velho), não viveu: "L'amour" (o amor)!

Se vale a pena? Vale super a pena! Se você gosta de um bom romance, não vai se arrepender... ao contrário, vai viciar-se nessa leitura.


Entrevista que Nicholas Sparks concedeu, pouco depois de chegar ao Brasil, ao Estado de Minas.



O senhor busca trazer elementos de sua própria vida para os romances. O que 'Uma longa jornada' tem de biográfico?
O rancho do livro é o do meu cunhado. Bob, meu cunhado, foi casado com minha irmã, que morreu há 13 anos. Hoje está casado com outra, que é incrível, e juntos criam os filhos que teve com minha irmã. Bob ainda participa de rodeios e o casal cultiva pinheiros de Natal, como no livro. Então, tudo o que acontece em torno do rancho na história desse livro é verídico. E devo dizer que pensei no público brasileiro quando estava escrevendo esse livro, pois sei que os rodeios são tão populares no Brasil quanto nos EUA.

Antes mesmo de ser lançado, 'Uma longa jornada' já teve os direitos de adaptação cinematográfica vendidos. Oito de seus romances já foram lançados no cinema. Como esse processo funciona?
Além dos oito filmes, outras três adaptações estão atualmente em diferentes estágios de produção. Geralmente, assim que termino um romance, vou até meus agentes em Hollywood para definir quando e como vamos introduzir o projeto para os estúdios. Para 'Uma longa jornada' tínhamos dúvidas de quando fazer a oferta devido ao lançamento de 'Um porto seguro' (que estreou no Brasil em abril). Se fizéssemos a proposta antes do lançamento do filme, poderiam falar que estávamos com medo de como 'Um porto seguro' iria nas bilheterias. Se fizéssemos a oferta depois, falariam que queríamos capitalizar em torno do sucesso do filme anterior. Essencialmente, o que fizemos foi apresentar a oferta no fim de semana de lançamento nos EUA de Um porto seguro, daí ninguém pôde falar nada. E acompanho todo o processo bem de perto, ainda mais como coprodutor do filme. Participo da seleção de diretor, elenco, frequento o set.

Morte, doenças e outros problemas sempre estão presentes em suas histórias. Para encontrar a felicidade, as adversidades são obrigatórias?
O que tento fazer nos romances é explorar toda a gama de emoções humanas. Quanto mais você as explora, mais próximo o leitor vai se sentir dos personagens, pois eles se tornam mais reais. Assim como na vida real, a felicidade é apenas um lado da moeda. Você não pode ter uma coisa sem ter a outra.

Depois do sucesso de '50 tons de cinza' e da onda de romances eróticos, o senhor não ficou tentado a apimentar suas histórias?
Não. Escrevo o que escrevo, ela (E. L. James) escreve do jeito que escreve e os leitores vão ler o que quiserem. É dessa maneira que as coisas sempre funcionaram. Na verdade, desisti de tentar predizer o futuro. Não faço promessas. Tudo depende da história que quero contar. Mas, por ora, ainda não vi razão para mudar.

Hoje em dia, com os livros digitais, ficou mais fácil e barato publicar um livro de maneira independente. Qualquer um pode se tornar um escritor?
Claro! Bem, não todo mundo, mas a maioria das pessoas. A questão, no entanto, não é essa. A questão é: todos podem contar uma boa história, escrever bem?. No fim, é isso o que importa. Para escrever, o que você precisa ter é muita perseverança. Antes de Diário de uma paixão escrevi dois romances que nunca cheguei a publicar. Eles foram o meu processo de escrita criativa. Hoje, sei que ninguém pode se tornar escritor sem fazer muita escrita criativa. A minha foi feita sozinha, mas cada um pode fazer à sua maneira: seja lendo muito, com um bom professor ou num programa de escrita.



Sparks no cinema

» 'Diário de uma paixão' (livro de 1996, filme de 2004)
» 'Uma carta de amor' (livro de 1998, filme de 1999)
» 'Um amor para recordar' (livro de 1999, filme de 2002)
» 'Noites de tormenta' (livro de 2002, filme de 2008)
» 'Querido John' (livro de 2007, filme de 2010)
» 'Um homem de sorte' (livro de 2008, filme de 2012)
» 'A última música' (livro de 2009, filme de 2010)
» 'Um porto seguro' (livro de 2010, filme de 2013)
» 'O melhor de mim' (livro de 2011, filme previsto para 2014)*
» 'Uma longa jornada' (livro de 2013, filme previsto para 2015)*

* Filmes em produção



43 comentários:

  1. O livro parece muito bom. Uma história bem construída, com personagens marcantes em suas histórias de vida. Enfim, gosto como o autor passa o personagem para quem lê.
    Agora, fiquei surpresa pela autenticidade dele:

    "Escrevo o que escrevo, ela (E. L. James) escreve do jeito que escreve e os leitores vão ler o que quiserem. É dessa maneira que as coisas sempre funcionaram. Na verdade, desisti de tentar predizer o futuro."

    Bastante autentico. Mais ainda por ser consciente que os leitores leem o que querem, desejam, ou que seu amago deseja no momento. Pelo menos ele não corre atrás de capturar o leitor no que vira moda. Gostei da personalidade que ele apresentou nessa entrevista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nandinha,
      senti exatamente o mesmo que você.
      Eu não tinha nada contra e nada a favor (exceto pelo filme maravilhoso "Um Amor para Recordar"), agora tenho muitos "prós". Tô gostando dele.
      *smack*
      beijos, coisa linda
      :*

      Excluir
  2. Adorei seus comentários sobre o livro de Sparks. Também não era muito fã de livros desse estilo, mais depois que li o primeiro livro dele, não parei mais. já li três livros até agora e estou ansiosa pra ler os outros. Principalmente este, que amei conhecer através de sua resenha. Muito bom. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz demais que tenha gostado, Beth!
      Um super beijo em você
      :*

      Excluir
  3. O livro parece ser melhor do que eu imaginava!! Nicholas Sparks é outro nível <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neliana,
      se você já gosta do cara... esse livro não tem erro.
      beijoconas

      Excluir
  4. nunca li nada desse autor. todo mundo que conheço fala que chorou litros com os livros dele, mas até agora nunca senti muita vontade de ler algo dele. Mas vou tentar. Ja fiz algo parecido em julgar um livro e quando peguei li quase todos os livros do autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Kath. Acho que foi parecido. Nunca tinha lido nada porque não sou chegada em drama. Mas, eu fiquei muito supresa com esse livro.
      Agora sinto que vou ler mais Nicholas Sparks pra formar melhor opinião.
      beijos em você.

      Excluir
  5. Adoro o Nicholas, já li varias de suas obras, essa esta na minha lista u.u
    Adorei o questionário. Só acho que tá virando muita modinha. Tá na "moda" ler, e o que mais se vê é o pessoal lendo Nicholas, não que ele não seja bom, mas acho que a maioria é poser mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahh... sempre teremos os "posers", Camila.
      Estando na moda ou não, leio somente aquilo que fala à minha alma.
      Um super beijo em você.
      :)

      Excluir
  6. Sparks é muito dramático pra mim, não rola não......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim também, Nanda... por isso nunca tinha lido nada. Grata surpresa, esse livro.
      *smack*
      <3

      Excluir
  7. Adorei sua resenha e seu blog. Sou muito fã do Nicholas Sparks e com sua resenha fiquei bem entusiasmada para ler mais um de seus livros.
    Parabéns e tudo de bom pra ti!
    Bjos ;)


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Micheli,
      super feliz com seu comentário gostoso. Saber que você gostou do blog é o feedback que nos move, nos incentiva.
      Esteja à vontade. Essa casa é nossa! ;)
      beijos

      Excluir
  8. aii aii aii .. a Telma faz isso pra me matar de amor por esse tal de Nicholas Sparks kkkkkkkkkkkkk e pra me deixar roendo os dedos pq esse eu não tenho AINDA kkkkkkkkkkk
    pq se eu nao tenho tempo de ler mas eu tenho em minha estante eu ja estou feliz :p
    eu amei sabiia? (novidaaaaaaaaaaaaaade!!)
    Ele é inteligentíssimo né? *--* kkkkkkkkkkkk
    amor platônico :p
    super beeeeeeeijo Teeeelma . táaaaa liiiiiiiiiiiiiindooo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa resenha foi feita especialmente pra você, Dai... que é totalmente apaixonada pelo homem!
      ;)
      beijoconas imensas

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk é por isso que te amo taaaaaaaaanto .. vc até se rendeu aos encantos desse homem maravilhooooooooooso *-----------*

      saaaaaaaaaaaudadeeeee lindeeeeeeeza!

      Excluir
  9. Gostei de Noites de tormenta, um dos Nocholas Sparks confesso que ele contribuiu muito para eu começar a ler todas as obras dele, tô doido pra ler esse tbm! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Raimundo!
      Te entendo completamente.
      Depois desse livro, confesso que quero um pouco mais dele... ;)

      Excluir
  10. Oiee


    Adoro os livros do NIcholas e consegui ver ele aqui em São Paulo e foi bem legal estou ansiosa para ler esse livro :)

    Beijos

    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah! Que bacana que conseguiu vê-lo!!!!
      :)
      Tem foto?
      Se tiver manda que a gente publica.

      Um beijo imenso.
      :)

      Excluir
  11. Oi, adoro as histórias do Nicholas Sparks, não consegui ler muitos até agora, mas acho suas histórias incríveis.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  12. Sou apaixonada pelos livros do Nicholas, tenho que confessar. Mas sinceramente, acho que esse é um dos livros que menos gostei de ler. No início, a leitura é empolgante, mas muitas coisas repetidas acontecem e tudo acaba perdendo a graça :/

    ResponderExcluir
  13. A capa desse livro é um pouco diferente das outras, mas eu gostei!
    Relutei muito pra ler algum livro do autor, achava que iria detestar, mas depois do primeiro não parei mais :)
    Gostei da resenha e claro mais um pra minha lista.

    ResponderExcluir
  14. Nicholas Sparks for the win. Como sempre ele se supera em cada livro <3 um melhor que o outro.

    ResponderExcluir
  15. Eu sou suspeita pra falar do Nicholas, afinal ele é meu escritor favoritíssimo, eu como uma sortuda carioca, estive na Bienal e consegui uma foto e o autógrafo desse maravilhoso kk, não consegui o abraço, mas só de vê-lo ali de pertinho chorei kk.
    Bom.. agora falando do livro não fiquei surpreendida, confesso que pulei vários trechos nos capítulos de Ira :P (muuuito açúcar), amei a história de Sophia e Luke, mas o final do livro não me surpreendeu, na metade do livro eu já imaginei o que iria acontecer, e acertei, sem contar que o escritor se inspirou numa Mensagem de reflexão conhecida como O FILHO, como eu já conhecia a história, o final pra mim ficou sem graça, pela 1° vez Nick ñ me surpreendeu. (:|

    ResponderExcluir
  16. Até hoje só li um livro dele, 0 "Um momento inesquecível", que deu origem ao filme Um amor para recordar. Mas já assisti a vários dos filmes baseados em seus livros e gostei muito de todos eles. E quero muito ler esse novo livro, parece bem interessante.
    Ótima resenha!
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Quero muito ler os livros desse autor. Foi muito bem recomendado. Inclusive quero ler esse da resenha, gostei muito mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Own *-* Sou fã do Nicholas Sparks, amooo os livros dele, tenho vários! E em todos sempre choro, rsrsrsr, sim é verdade! Amei a sinopse desse livro e com toda certeza está na minha lista de desejados.

    Parabéns pelo blog! Bjs

    ResponderExcluir
  19. Eu acho que os livros do Nicholas Sparks estão muito clichê. Sempre acontece a mesma coisa na final. Além de que as capas também são praticamente iguais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhhh clichês também tem seu lugar no meu mundo literário... mas entendo você.
      beijocas

      Excluir
  20. Ultimamente os livros do Nicholas Sparks estão muito iguais. Gostava muito quando os livros dele, eram publicados pela Editora Novo Conceito, eles davam um Q a mais no livro que realmente me incitava a ler. O último livro que realmente me deu vontade de comprar dele, foi Um Homem de Sorte e Um Porto Seguro, que por coincidência foram os últimos livros publicados dele pela Novo Conceito.
    Vi muitas críticas positivas e negativas sobre o livro e só me deu vontade de ler, pela simples curiosidade, nem é mais por vontade de ser um livro dele e qual vai ser o próximo romance e tal. Quero comprá-lo pela simples curiosidade, bom... a resenha já ajudou um pouco mais a querer lê-lo, então vamos ver...
    Parabéns pelo blog! Beijos
    http://coresdedezembro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carol,
      Fico feliz de que a resenha tenha te incentivado.
      É realmente um livro muito bom. Gostoso de ser lido.
      :)

      Excluir
  21. Respostas
    1. que maldade!!!!
      O moço nem mal lhe fez...rs
      :D

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!