02 julho, 2014

Resenha : Mago - Espinho de Prata (Livro três)

http://surtosliterarios.blogspot.com.br/2014/07/resenha-mago-espinho-de-prata-livro-tres.html



MAGO



       Espinho de Prata - Reymond E. Feist


                                                                                                               Resenha por : Isa



RESUMO DOS LIVROS ANTERIORES (BEEEM RESUMIDO)

No mundo de Midkemia erguia-se o poderoso Reino das Ilhas, que fazia fronteira com o vasto Império do Grande Kesh, localizado ao sul. O Reino entrava em uma era de grande prosperidade; a nação abrangia um continente, desde o Mar do Reino até o Mar Interminável.
Com seu melhor amigo Tomas, Pug descobriu os destroços de uma embarcação alienígena naufragada e um moribundo de nacionalidade desconhecida. Padre Tully, o sacerdote do Duque, recorreu à sua magia para descobrir que o moribundo pertencia a um outro mundo chamado Kelewan, dominado por um poderoso império de guerreiros, os tsurani, que tinham alcançado Midkemia através de um portal mágico, uma brecha no espaço, e pareciam estar preparando o caminho para uma invasão.
Em Krondor, o Príncipe Erland, tio do Rei e sucessor natural do trono, instruiu o Duque a prosseguir até Rillanon, capital do Reino, para lá ser recebido pelo Rei. Durante a sua estada em
Krondor, Pug conheceu a Princesa Anita, fillha única de Erland, e descobriu que ela fora prometida em casamento ao Príncipe Arutha quando crescesse.

                                                                   *****

Sinopse:
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, a Mão – o mais jovem larápio dos Zombadores, a Guilda dos Ladrões – surpreende um sinistro Falcão Noturno prestes a assassiná-lo.

Que poder maléfico fez com que os mortos se levantassem para combater em nome da Guilda da Morte? E que magia poderosa poderá derrotá-los?

 Mas primeiro o Príncipe Arutha, na companhia de um mercenário, um bardo e um jovem ladrão, terá que fazer a viagem mais perigosa da sua vida, em busca de um antídoto para o veneno que está prestes a matar a bela Princesa no dia do seu próprio casamento.

                                                                    *****


"Mago: Espinho de Prata" é o terceiro livro da série "Mago”
Desta vez o foco da história sai de Pug e vai para Arutha cujo casamento será interrompido por culpa de um assassino que tenta envenená-lo maaas a princesa Anita é atingida por um dardo envenenado, que lhe deixa com pouquíssimo tempo de vida. O único antídoto existente é o Espinho de Prata. Mas, onde encontrá-lo e como trazê-lo até Anita?

 E temos Jimmy “Mãozinhas”, o membro mais jovem do “Grémio dos mofadores”, o grupo de ladrões de Krondor. Que depois da paz reinar por um ano no Reino, as coisas começam a esquentar novamente, quando Jimmy surpreende um membro do “Grémio da Morte”, um Naitibó, e tenta assassinar o príncipe (novamente).

 As aventuras de Arutha, Jimmy e companhia, não serão poucas. A narrativa começa num tom leve, contando os festejos pela paz. Evolui para a tensão, até chegar a um ponto sombrio, onde as forças do mal contam inclusive com os mortos, que acordam do seu sono “eterno” para perseguir a morte do príncipe Arutha, a todo custo, enquanto este segue a sua busca desenfreada pelo Espinho de Prata.

Super bem desenvolvido, podemos notar claramente o amadurecimento de cada personagem, e o mais bacana é que um livro vem completando o outro, não é aquelas séries que você lê o primeiro livro e o segundo não tem nada a ver com o que estava esperando.

O livro é viciante do início ao fim e, os últimos capítulos me deixaram pensando em quando o último livro será lançado e que com toda a certeza do mundo quero ler, essa série foi uma das mais recheadas de aventuras que já li.


                                                         

10 comentários:

  1. já ouvi falar muito nesses livros , mais não é muito o meu gênero predileto , então n fico muito interessada :/ Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Realmente o livro ja começa "pegando" kkk a coitada foi atacada no dia do casamento? adorei a premissa, acho que deve ter uma açao interessante e deve prender mesmo o leitor...mas acho que esse negocio de mortos nao faria meu tipo :/

    ResponderExcluir
  3. Sim Jack Moura, no dia do casamento dela! Na verdade era para o príncipe Aruta as intensões de morte, mas algumas coisas saíram fora do planejado e vc já deve imaginar a loucura q começa ai!

    ResponderExcluir
  4. Legal, ele tem cara daqueles livros que não deixam a gente nem respirar de tanta coisa que acontece shuashua

    ResponderExcluir
  5. Isamara!
    Bom quando uma série mostra o desenvolvimento das personagens, ainda mais em um livro de ficção/fantasia que muitas possibilidades se abrem e o escritor pode ser perder no caminho.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. O estranho de resenhas de séries desconhecidas é que eu fico meio boiando sem entender e meio que me roendo de curiosidade.

    http://www.conversasdealcova.com/

    ResponderExcluir
  7. Bom, li a resenha com a mente aberta, mas não entendi patavinas!
    Não li absolutamente nada sobre essa série em lugar algum, o pouco que eu sei vem desse livro que foi lançado recentemente, então estou meio sem comentários sobre ela :/

    ResponderExcluir
  8. Isa, como amo fantasia sei que é o tipo de leitura que vou agradar muito.

    ResponderExcluir
  9. não me interessei muuuito,mas me deixou na curiosidade e acho que lerei afinal!

    ResponderExcluir
  10. Amei o post! *-* Como eu disse na minha resenha, eu não tinha gostado mt dos dois primeiros volumes, mas ADOREI esse! Achei bem melhor que os dois volumes anteriores e aprendi a gostar muito desse mundo e dos personagens! :D

    Abraços.
    Alex, do Um Bookaholic. <3

    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Vai ser muito bom saber o que você achou dessa postagem!
Opine!